Olheiras? Veja o que os olhos podem revelar sobre sua saúde

  • 0

Olheiras? Veja o que os olhos podem revelar sobre sua saúde

Categoria : Noticias

Olheira, olhos inchados, vermelhos, secos e amarelados. Você sabia que esses incômodos estéticos podem revelar problemas de saúde, incluindo condições graves? Confira detalhes mencionados por nutricionistas ao jornal Daily Mail:

 

1 – Olheiras

As olheiras incomodam muitas pessoas e a culpada mais óbvia é a falta de sono. Mas, se dormir bem não resolver, o incômodo estético pode indicar uma série de problemas de saúde. “Há duas causas potenciais: problemas de tireoide ou anemia. Se você está confiante de que tem sono suficiente, mas ainda está se sentindo excessivamente cansado, o que pode ser um sintoma de ambas as condições, e as olheiras não somem, consulte seu médico para fazer exames”, recomenda a nutricionista Cassandra Barns.
Muitas vezes, reabastecer os níveis de ferro pode ajudar na anemia. “Para conseguir o máximo de ferro de alimentos em sua dieta, inclua carne vermelha magra, fígado, gema de ovo, lentilhas, grão-de-bico e sementes”, recomendou a nutricionista Liana Bonadio, do Nutricentre.com. “No caso desse mineral, a questão não é muito a quantidade que se consome, mas quão bem o absorve. Café e chá podem desacelerar significativamente a sua absorção, de modo que você pode querer reduzi-los. Por outro lado, a vitamina C pode ajudar na absorção, por isso aposte em pimentas vermelhas, brócolis, couve e bagas.”
Outra causa comum de olheiras é a intolerância alimentar, especialmente ao trigo, glúten e leite de vaca. “Tente cortar um desses itens pelo período de um mês para ver se ajuda”, comenta a nutricionista Marilyn Glenville. “Se você decidir eliminar um ou mais desses alimentos a longo prazo, é melhor trabalhar com uma nutricionista que pode lhe dar um programa de alimentação saudável para se certificar de que você não está perdendo nutrientes”, completou.

2 -Olhos amarelados
É importante consultar o seu médico se o branco dos seus olhos se tornar amarelado. O sintoma pode ser um sinal de doença hepática potencialmente fatal e não deve ser ignorado. “Isto pode ser devido a condições como hepatite, disfunção hepática, obstrução do ducto biliar ou icterícia”, lista a nutricionista Cassandra.
Se já foi ao médico e os problemas foram descartados, pode ser que o seu fígado precise de apoio extra. Entre as dicas da nutricionista Michela Vagnini, do Naturesplus.co.uk, estão reduzir a ingestão de álcool, açúcar e farinha branca, além de cortar alimentos processados, aumentar a ingestão de vegetais e beber água morna com um pouco de suco de limão após acordar.

3 – Olhos Vermelhos
“Doenças graves, como conjuntivite, blefarite, uveíte e glaucoma podem resultar em vermelhidão”, avisa a nutricionista Elouise Bauskis, do Nutricentre.com. Portanto, procure um médico caso esteja com os olhos vermelhos.
Mas há também outras explicações menos graves para o incômodo, muitas vezes desencadeadas pelos hábitos do dia a dia. Pode ser sinal de fadiga ocular, devido às longas horas em frente ao computador, por exemplo. A nutricionista Elouise recomenda algumas pausas ao longo do dia, em que se olha para longe a cada 15 minutos. “Também pode valer a pena ver se precisa de óculos ou se sua prescrição mudou.”
A condição pode ainda ser causada por um enfraquecimento dos capilares, chamado de fragilidade capilar. “Se essa é a causa, é vital se certificar de que está recebendo quantidade suficiente de vitamina C a partir de uma variedade de frutas e legumes, como brócolis, couve, pimenta vermelha e kiwi. Tomar um suplemento diário de vitamina C com bioflavonoides também poderia ser útil”, disse a nutricionista Cassandra.
Vale lembrar que olhos vermelhos juntamente com coceira podem ser resultado de uma alergia. O médico pode indicar um antialérgico para aliviar.

4 – Olhos secos

Para muitos, a desconfortável sensação de ter areia nos olhos é familiar, o que pode ser um sinal da síndrome do olho seco, como informou a nutricionista Cassandra. “Essa sensação pode ser causada pela idade, por exemplo, em mulheres pós-menopausa, por tomar certos medicamentos, fatores ambientais, bem como uma deficiência em vitamina A.”
A vitamina A é encontrada apenas em alimentos de origem animal, especialmente fígado, carnes de outros órgãos, óleo de fígado de bacalhau, gema de ovo, peixe. “Embora legumes são muitas vezes apontados como fonte de vitamina A, eles não são, só contêm betacaroteno ou “pró-vitamina A”, que o corpo só converte em vitamina A em quantidades muito pequenas, tão pouco como 3%”, comenta Cassandra. A dica da nutricionista Sharon Morey, da Quest Vitamins, é comer pequenas porções de fígado duas vezes por semana. Se isso falhar, pode-se apostar em suplemento de óleo de fígado de bacalhau e consumir regularmente os outros alimentos de origem animal que são fonte da vitamina A.
Outro fator que contribui para os olhos secos pode ser a falta de gorduras saudáveis em sua dieta, que são necessárias para absorver a vitamina A. “A maior parte dos alimentos listados como boas fontes de vitamina A são fontes de gorduras também, o que faz sentido, a natureza nos dá nutrientes que trabalham em sinergia uns com os outros. Se você não pode comer esses alimentos, certifique-se que tenha boas gorduras em sua dieta a partir de outras fontes, como óleo de coco, abacate, azeite de oliva, nozes e sementes”, ensinou nutricionista Elouise.
Outra possível causa para os olhos secos pode ser a chamada síndrome de Sjögren. “Essa é uma condição autoimune que pode afetar muitas áreas do corpo, especialmente as glândulas que produzem saliva e lágrimas. Se você sofre da síndrome, então é melhor procurar um nutricionista ou médico para enfrentar o desequilíbrio imunológico”, comentou Cassandra.

5 – Olhos inchados

Assim como as olheiras, os olhos inchados podem ser sinal de noites mal dormidas. Entre os truques mais comuns para aliviar o problema estão rodelas de pepino e compressas com saquinhos de chá. Mas, se isso não resolver, pode ser um sinal de erro alimentar. “Podem estar relacionados a um desequilíbrio entre sódio e potássio em sua dieta, especificamente muito sódio, o que significa basicamente sal. A maioria dos alimentos processados tendem a ser ricos em sal adicionado, proporcionando um alto teor de sódio, mas muito pouco potássio, como pães, cereais, molhos, carnes processadas e salgadinhos. Em contraste, os vegetais contêm muito mais potássio do que sódio e correspondem melhor ao equilíbrio natural que se deve receber”, disse a nutricionista Elouise.
Olhos inchados também podem ser um sinal de que os rins precisam de um cuidado extra. “Beber bastante água é o passo mais importante. Evite álcool e cafeína, que são diuréticos e podem tornar os problemas piores”, ensinou a nutricionista Michela.

 

Fonte:

http://saude.terra.com.br/olheiras-veja-o-que-os-olhos-podem-revelar-sobre-sua-saude,01e2998e0518d74a03a04918d4332340zq5xRCRD.html